Artigo publicado em 26 fev 2017 | Este artigo tem 0 Comentário

 

image

O presente artigo tem o propósito de elucidar o Transtorno de Despersonalização e Desrealização. Portanto, trataremos aqui de uma abordagem concisa do caso.

A despersonalização, ou sensação de estranhamento em relação a si mesmo, é um fenômeno intrigante e, até o momento, pouco investigado. Os sintomas de despersonalização – que incluem desrealização, deafetualização e alterações nas recordações subjetivas – podem se manifestar em forma de episódios transitórios, fazer parte da apresentação de transtornos neuropsiquiátricos ou ocorrer de forma primária, no transtorno de despersonalização e desrealização.

Pessoas com transtorno despersonalização descrevem um sentimento de desapego com a realidade, como se fossem robôs vivendo em “modo automático”, com ausência de emoções, boas ou más.

Nas áreas da psiquiatria e da psicologia, a despersonalização é entendida como uma desordem dissociativa, caracterizada por experiências de sentimentos de irrealidade, de ruptura com a personalidade, processos amnésicos e apatia. Pode ser um sintoma de outras desordens como transtorno bipolar, transtorno de personalidade borderline, depressão, esquizofrenia, estresse pós-traumático e ataques de pânico.

(mais…)